Carta de Despedida ao Professor e Diretor Antonio Del Priore


Antonio
Douglas Salles
Caros amigos,

É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento do nosso querido professor Antonio Del Priore Fº. Nosso professor há mais de 40 anos e Diretor da Escola Superior de Química do Oswaldo Cruz há mais de 10 anos.
Apesar da tristeza do dia de hoje, tenho muito orgulho de ter conhecido e trabalhado com o Prof. Priore nos últimos 30 anos. Uma figura ímpar, sempre disposto a ajudar, a participar de qualquer projeto ou a discutir uma melhoria qualquer.

Poucos sabem dessa história que gostaria de contar. No início dos anos noventa, nossa Instituição foi convidada a abrir em parceria com a ABC um laboratório de controle Industrial para cosméticos, porém precisávamos construir uma sala limpa classe 1000, o que envolvia a necessidade de um projeto de ar condicionado bastante complexo e caro. Pois bem! Eis que surge o Prof. Priore, que naquela ocasião tinha uma empresa especializada em projetos de ar condicionado, que de pronto assumiu essa tarefa, projetando o sistema e depois participando de todo o processo de credenciamento do laboratório.
Etapa cumprida, desafio superado, meses depois fui conversar com o Prof. Priore... perguntei: quanto lhe devemos professor? E ele respondeu: nada, Carlos Eduardo... eu amo essa escola... me sinto feliz por ter podido ajudar... Esse era o Engenheiro Mecânico (sim...Mecânico... mas apaixonado por Química), Prof. Priore; um profissional apaixonado pelo que fazia. Essa mesma dedicação e entrega absoluta pude observar durante todos os anos que convivemos. Sempre cioso de seus compromissos, principalmente com seus alunos.
É fato que o sangue quente de origem latina, por vezes o levava a esbravejar. Não raramente advertia quem quer que fosse num tom, digamos, bastante elevado de voz, mas sempre em defesa de uma convicção que visava o bem coletivo.

Um verdadeiro Leão na defesa de seus valores. Quanto ao homem, posso afirmar que poucas vezes conheci alguém tão apaixonado pela esposa, pelos filhos e pelos netos quanto ele.

Uma pessoa que amava profundamente a vida, pois a vida para ele era conviver com sua família e seus amigos.
Acredito que a maior lição que o Prof. Priore nos deixa, principalmente nos dias de hoje, é de que a verdadeira realização ou felicidade das nossas vidas está em SER e não em TER. Vá com Deus professor, ficamos aqui todos com suas lembranças e muitas saudades.

Diretor Geral
Carlos Eduardo Quirino
05/08/2021

Publicado em: 06/08/2021 16:06:00 por: Mariana Amorim