Profa. Msc. Catharina Maria Wilma Brandi


Professora
Professora Catharina
Graduada em Química – Bacharelado e Licenciatura pela Universidade de São Paulo (1949) e mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade Federal de São Paulo (1987) .

Dentre muitos dos cargos exercidos pela emérita professora foram: Professora responsável das disciplinas de Bioquímica I e II da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Bioquímicas Oswaldo Cruz, Professora adjunta IV da Universidade Federal de São Paulo. Membro da diretoria da Fundação Carlos Chagas, com vasta experiência na área de Bioquímica , com ênfase em Ensino.

Não queremos nesta oportunidade, explorar todo seu legado como professora, pesquisadora e colaboradora científica. Este será eterno, pois estão registrados em seu vasto currículo, publicados no seu Lattes e em inúmeras páginas de pesquisa na Internet. Queremos falar da pessoa Profa. Catharina, sua beleza humana, sua grandeza de espírito, sua dedicação, empenho, empatia, humildade, retidão ética, suas peripécias... (Ah o banquinho... que usava em suas aulas para que os alunos do fundo da classe pudessem vê–la!). Saibam todos que este banquinho foi pauta de uma reunião de diretoria! Precisamos proibir que ela suba neste banquinho! E se ela cair? com a idade chegando temos que cuidar da sua saúde! Vamos substituir por uma plataforma com maior segurança. Não, ela não queria abdicar do seu banquinho. Foi uma luta! Ela dizia: eu me responsabilizo! Assim foi também com o microfone... “Eu tenho mesmo que usar o microfone?” Pequenina e com voz baixa, os alunos reclamavam muito! Não ouviam suas explicações! Não queriam perder nenhum detalhe de sua aula, pois sabiam da importância e que a cobrança era implacável nas provas!

Poucos sabiam, mas a Profa. Catharina se deslocava para o trabalho usando transporte público, não queria que ninguém a ajudasse! Franzina, pequena no tamanho, mas de personalidade forte, independente, tinha consigo um espírito humano inigualável. Todos que a procuravam recebiam a atenção necessária. Professores, funcionários, alunos... ah! Alunos, alunos então, ela ficava com eles após a aula, o tempo que fosse necessário para tirar as dúvidas. Bem agora ela poderia ir para casa e ter o descanso merecido! Não! Não! Pelo menos duas vezes por semana ela tinha um encontro marcado, no período da tarde, com profissionais da saúde no Hospital das Clínicas da USP, em um trabalho voluntário!

Assim este espírito iluminado que nos foi enviado nos ensinou muitos caminhos, e só temos agradecer pela sua passagem entre nós.

Direção, Coordenação, professores e funcionários da Faculdade de Farmácia Oswaldo Cruz.

Publicado em: 31/01/2021 12:27:00 por: Mariana Amorim