Curso: Projeto Urbano de Infraestrutura Verde (NOVO)

Apresentação
São Paulo, assim como outras metrópoles do mundo, enfrenta hoje sérios desafios no manejo de seus recursos hídricos – dentre eles, a poluição das águas urbanas e as inundações – fruto de um acelerado processo de urbanização que, diante de algumas circunstâncias, desconsidera as potencialidades das bases biofísicas de suas paisagens naturais.
É nesse âmbito que a Infraestrutura Verde (IV) apresenta–se como um método de planejamento e projeto da paisagem, capaz de articular a conservação da natureza ao desenvolvimento urbano a partir da criação de uma rede de paisagens multifuncionais que oferecem espaço para a realização das atividades humanas, sem prejuízo dos processos naturais. Na IV o desenho é pensado a partir das potencialidades e limitações das paisagens, adaptando as estruturas ao ciclo hidrológico por meio de soluções baseadas na natureza.
Entre os benefícios dos planos e projetos de IV estão:
– Proteção dos recursos hídricos em áreas urbanas;
– Tratamento das águas urbanas com redução do risco de inundações;
– Incremento de áreas permeáveis, verdes e áreas de lazer e do contato com a natureza;
– Embelezamento e valorização dos espaços livres;
– Criação de habitats e aumento da biodiversidade faunística e florística nas cidades;
– Estocagem e reciclagem de nutrientes, conservação edáfica;
– Melhoria da qualidade do ar;
– Redução das ilhas de calor urbano;
– Redução dos efeitos ambientais anunciados pela mudança climática global.
Este curso tem como objetivo ensinar os estudantes um método inovador e sustentável de pensar, projetar e planejar a paisagem urbana e seus espaços livres. Os projetos de infraestrutura verde como medida de recuperação e proteção dos recursos hídricos são uma realidade e, também, podem ser observadas experiências bem–sucedidas em grandes cidades como Paris, Berlim e Portland, bem como em outras áreas urbanas do mundo.

Conteúdo do Curso
Este curso apresenta o estado da arte da Infraestrutura Verde (IV), abordando especificamente:
– Paisagem de alto desempenho como uma rede de infraestrutura urbana;
– Plano e Projeto de Infraestrutura Verde;
– Captação, condução e tratamento das águas urbanas;
– Detenção e retenção do escoamento superficial;
– Rios urbanos: revitalização e apropriação;
– Biotecnologias, tipologias e soluções baseadas na natureza: jardim de chuva, biovaleta, canteiros pluviais, telhados verdes, alagados construídos e lagoas pluviais (wetlands);
– Biorretenção e fitorremediação;
– Seleção da vegetação para projetos de IV;
– Mitigação de impacto ambiental e controle de poluição;
– Conservação da biodiversidade e cultivo da floresta urbana;
– Serviços ecossistêmicos e resiliência urbana;
– Estudo de caso de implantação de Infraestrutura verde para uma bacia hidrográfica urbanizada.

Metodologia
Este curso tem caráter prático e trata da aplicação projetual dos conceitos e métodos de infraestrutura verde às bacias hidrográficas urbanizadas. Discutem–se estratégias, metodologias e soluções de Infraestrutura Verde (IV) a serem adotadas em planos e projetos da paisagem, a partir de:
– Aulas expositivas e participativas;
– Desenvolvimento de estudo de caso de projeto de infraestrutura verde para bacias hidrográficas urbanas;
– Aulas práticas onde os alunos passarão pelas etapas da metodologia de projeto de IV.

Conhecimento Egresso (mínimo) necessário
Os estudantes estarão aptos para pensar, planejar e projetar paisagens urbanas a partir dos conceitos de Infraestrutura Verde.
O(a) aluno(a) ao final do curso terá subsídios para a atuação de projetos da paisagem, de forma inovadora e criativa, integrados às novas tecnologias baseadas na natureza que mimetizam os processos dos ambientes naturais.
O(a) aluno(a) estará habilitado(a) a entender a complexidade dos problemas ambientais urbanos atuais e compreender a importância de cidades resilientes, onde os espaços urbanos comportam questões funcionais hidrológicas e ecológicas associadas às simbólicas e estéticas.

Certificação
Frequência mínima de 75% das aulas ministradas.

Documentos necessários para a matrícula
– Cópia simples do RG
– Cópia simples do CPF
– Cópia simples do comprovante de residência
– Uma foto 3x4 (recente)
– Contrato de matrícula (NEXT) assinado

Descontos
– Aluno da Oswaldo Cruz: 50%
– Ex–aluno da Oswaldo Cruz: 30%

Contato
E–mail: next@oswaldocruz.br
Tel.: (11) 3824–3660 ramais: 3970 / 3971 / 4091 / 4099 / 4039

Observação
– O curso será iniciado com quorum mínimo de 15 matrículas efetivamente contratadas.

Área: ÁREA DA QUÍMICA E MEIO AMBIENTE
Turno: Noturno
Carga horária: 20 horas
Duração: 2 Semanas

Investimento: R$ 360,00

Parcelamento: 2x de R$ 180,00

Para obter o certificado:
Frequência mínima de 75% das aulas ministradas.

Previsão de início:05/11/2018
Horário: Turma 1 - Segundas, Terças e Quartas-Feiras - Das 18h às 22h - Datas: 05/11; 06/11; 07/11; 12/11 e 13/11/2018
Coordenação
Maitê Bueno Pinheiro
E-mail para o coordenador
Currículo
Mestre em Paisagem e Ambiente pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), Especialista em Química Ambiental (FOC) e Bacharel em Ciências Biológicas (UNINOVE). Formação acadêmica e profissional interdisciplinar e multicultural especializada nos Projetos Urbanos de Infraestrutura Verde, no Desenvolvimento Urbano de Baixo Impacto e na utilização de Soluções Baseadas na Natureza para mitigação e tratamento da poluição das águas, revitalização de rios e córregos urbanos e promoção de Serviços Ecossistêmicos. Realizou estágio de Pesquisa na Universidade Humboldt de Berlim (2016) e na Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (2010-2012). Idealizadora do UrbAmbiental, Coletivo de Profissionais Especialistas em Infraestrutura Verde, onde atua como consultora e realiza oficinas de projetos, palestras e outras atividades.
Adriana Afonso Sandre
E-mail para o coordenador
Currículo
Doutoranda da FAU-USP (início em 2018). Mestre em Paisagem e Ambiente pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP). Cursa Arquitetura e Urbanismo na mesma instituição. Bacharelado e licenciatura em Ciências Biológicas, ambos pela USP (2010) e com bolsa de Iniciação Científica pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Técnica em Paisagismo pelo Senac (2009). Participou do GCUA Summer school on Green and Sustainable cities em Malmö (2015), contemplada com bolsa da Swedish University of Agricultural Sciences (SLU).Tem experiência em coordenação de projetos ambientais e educacionais, especialmente nas áreas de planejamento ambiental e urbano, ecologia da paisagem e infraestrutura verde.
Copyright Grupo Oswaldo Cruz 2010 - 2011. Totos os direitos reservados.