Curso: Determinação da Incerteza de Medição de Ensaios Químicos

Apresentação
Muitas decisões importantes são baseadas em resultados de análises químicas quantitativas. Sempre que as decisões forem baseadas em resultados analíticos, é importante ter–se alguma indicação quanto à qualidade dos resultados. Em alguns setores da química analítica é um requisito formal que os laboratórios introduzam medidas de garantia da qualidade de seus resultados, como é o caso de laboratórios analíticos que prestam serviços a terceiros e laboratórios de controle de qualidade em geral, que devem se adequar aos requisitos da norma NBR ISO/IEC 17025: 2005, no que diz respeito à expressão da incerteza de medição dos resultados de seus ensaios químicos e físico–químicos. Dessa forma, a estimativa da incerteza de medição torna–se necessária.
O presente curso, portanto, visa capacitar profissionais da área química a estimar e avaliar criticamente a incerteza de medição de ensaios físico–químicos.

Conteúdo do Curso
– Introdução ao conceito de incerteza de medição;
– Exposição dos conceitos relativos à incerteza de medição;
– Pré–requisitos para a avaliação da incerteza de medição;
– Noções básicas de estatística aplicada ao cálculo de incerteza de medição;
– Procedimento de cálculo (identificação das fontes de incerteza, cálculos das incertezas padrão pelos métodos GUM, Kragten e Monte Carlo, cálculo dos coeficientes de sensibilidade, cálculo das incertezas combinadas e expandidas);
– Utilização de uma planilha de cálculo;
– Análise crítica do resultado;
– Avaliação de procedimentos já existentes, compilação de dados para realização do cálculo e apresentação dos resultados.

Metodologia
Serão ministradas aulas expositivas abordando o conteúdo teórico, em conjunto com exercícios práticos a serem realizados em classe. O conteúdo das aulas será disponibilizado aos alunos em forma de apostila no início das turmas.

Conhecimento Egresso (mínimo) necessário
Ao término do curso, o aluno será capaz de compreender o processo envolvido na estimativa da incerteza de medição de ensaios físico–químicos, de reunir as informações necessárias para esse trabalho, terá noções básicas de como realizar essa estimativa e de analisar criticamente os resultados.

Atividade Complementar
São práticas acadêmicas, extraclasse, desenvolvidas na própria ou em outra Instituição de Ensino, ou até mesmo em qualquer organização não–educacional, podendo ser tanto à distância como presencial.

É uma determinação, vigente, obrigatória para todos que cursam a Graduação.

IMPORTANTE: Caso seu curso de Graduação não esteja relacionado abaixo, sugerimos que consulte o Coordenador do mesmo, sobre a possibilidade de utilizar a carga horária para atender as Atividades Complementares.

Este curso já está homologado, pelos Coordenadores, para atender a carga horária de Atividades Complementares em:

– Engenharia de Produção Química
– Engenharia Química
– Química (Bacharelado)
– Química Industrial
– Tecnologia em Plásticos (Polímeros)

Certificação
Freqüência mínima de 75% das aulas ministradas.

Documentos necessários para matrícula
– Cópia simples do RG
– Cópia simples do CPF
– Cópia simples do comprovante de residência
– Uma foto 3x4 (recente)
– Contrato de matrícula (NEXT) assinado

Descontos
– Aluno da Oswaldo Cruz: 50%
– Ex–aluno da Oswaldo Cruz: 30%

Contato
next@oswaldocruz.br

Área: Química - Ciências Exatas e do Meio Ambiente
Turno: Sábado pela manhã
Carga horária: 20 horas
Duração: 4 Semanas

Investimento: R$ 360,00

Parcelamento: 2x de R$ 180,00

Para obter o certificado:
Freqüência mínima de 75% das aulas ministradas.

Previsão de início:05/05/2018
Horário: Turma 2 – Sábados – das 08h00 às 13h00 Datas: 05/05; 12/05; 19/05 e 26/05/2018
Coordenação
Rute Nazaré Fernandes Sanches
E-mail para o coordenador
Currículo
Doutoranda em Química Inorgânica -Instituto de Química da Universidade de São Paulo. Graduada em Ciências com Habilitação em Química -Faculdades Oswaldo Cruz. Cursos na área de cálculos de incertezas, validação de métodos e calibração de vidrarias. Oito anos de experiência na área de análises físico-químicas, supervisão da equipe de laboratório, implantação de rotinas de controle de qualidade de resultados (análises de controle para avaliação da garantia da qualidade dos resultados analíticos), elaboração e revisão de procedimentos operacionais, validação de métodos, cálculos de incerteza de medição e auditorias internas. Participação do Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE) no Instituto de Química da Universidade de São Paulo, consistindo de estágio supervisionado em docência.
Copyright Grupo Oswaldo Cruz 2010 - 2011. Totos os direitos reservados.