Pesquisa destaca que engenheiro civil possui o maior salário em 2018
Foto: Shutterstock
Pesquisa destaca remuneração do engenheiro civil

A pesquisa realizada pelo Banco Nacional de Empregos (BNE) aponta que os engenheiros civis são os profissionais com maior remuneração média nas vagas preenchidas durante o primeiro bimestre deste ano no Brasil. O estudo apontou que salário médio com maior destaque foi do profissional da Engenharia Civil com a remuneração de R$ 10.351 e teve como base um levantamento de todas as vagas anunciadas e ocupadas nos dois primeiros meses desse ano.

“O engenheiro civil possuir a maior média salarial do país se deve pelo fato de o Brasil ainda ser um país a ser construído. Precisamos construir um milhão de residências por ano até 2024 se quisermos resolver os problemas de habitação no Brasil. É muito trabalho a ser feito”, explica o coordenador do curso de Engenharia Civil das Faculdades Oswaldo Cruz, Prof. Alexandre de Sant’Anna. “Outra área que tem grande demanda é o de Saneamento Básico. Basta dizer que mais da metade dos lares brasileiros não tem acesso a serviços como água tratada, coleta de esgotos ou coleta de lixo. Quanto ao tratamento de Esgotos este déficit chega a 72%. Isto sem contar com as demandas de Estradas, Ferrovias, Aeroportos, Indústrias e demais construções civis”, complementa o docente.

Existe também uma demanda impulsionada pelas demandas político–sociais. Segundo o Instituto Brasileiro d Geografia e Estatísticas (IBGE), a Indústria da Construção Civil gera, mesmo em tempos de crise, 7% dos empregos do país.





A atuação do engenheiro civil

O engenheiro civil possui uma atuação bastante ampla. Cabe ao profissional projetar, gerenciar e executar obras como casas, edifícios, pontes, viadutos, estradas, barragens, portos, hidroelétricas, assim como análise das características do solo, estudo da insolação e da ventilação, definição dos tipos de fundação, planejamento de redes de instalações elétricas, hidráulicas e de saneamento das construções. Também compete ao engenheiro civil a escolha do material mais adequado para cada uma dessas situações.

“O engenheiro civil pode trabalhar em qualquer região do Brasil e é até difícil enumerar os setores. De uma forma simplificada temos a Infraestrutura que vai desde a pavimentação de ruas pelo interior do Brasil, passando pelas grandes rodovias, ferrovias, metrôs, pontes, portos ou aeroportos. As obras de saneamento também estão neste setor. Na área de estruturas estão todos os prédios residenciais, de escritórios, as fábricas, estádios ou prédios públicos. A demanda também é grande na área de planejamento. A interiorização do desenvolvimento não se dará sem a Engenharia Civil”, detalha o professor Alexandre de Sant’Anna.


O curso de Engenharia Civil no Grupo Oswaldo Cruz

Lançado em 2012 no Grupo Oswaldo Cruz, o curso de Engenharia Civil possui cinco anos de duração, possui carga total de 4760 horas e é oferecido nos períodos matutino e noturno. Nas primeiras e segundas séries de todos os cursos de Engenharia os alunos participam de um ciclo básico com todas as disciplinas elementares destes cursos. Desta forma, o estudante terá mais tempo para analisar sobre sua carreira e qual profissão deseja seguir. O aluno escolherá no terceiro ano (quinto semestre) o curso que deseja continuar seus estudos e passará a possuir as disciplinas específicas.

“O curso de Engenharia Civil das Faculdades Oswaldo Cruz é um curso em permanente atualização. Aliás, todo curso de Engenharia tem que ser permanentemente reavaliado e isto se dá na velocidade das inovações tecnológicas e das necessidades da sociedade. Mesmo assim tentamos manter algumas características: uma observação rigorosa do conhecimento teórico sólido a visão interdisciplinar e sempre que possível associar o rigor teórico à prática mais atual. Parece simples e básico, mas é um trabalho duro e permanente que exige professores qualificados e atualizados”, destaca o coordenador.

A Engenharia Civil é uma ciência aplicada. Dentre as características profissionais dos engenheiros civis estão sólidos conhecimentos na área de Exatas (Matemática, Física e Química), até as Ciências dos Materiais, Hidrologia, Topografia, Astronomia e Meteorologia. Entretanto, o relacionamento interpessoal também é imprescindível.

“A Engenharia Civil tem uma característica interessante: o engenheiro Civil raramente trabalha sozinho. Trabalha com arquitetos, mestres de obra, pedreiros, contadores, Prefeitos, Engenheiros Ambientais, e uma infinidade de profissionais de todas as áreas e qualificações. Imagine o Projeto e Construção de um Hospital, de uma Ferrovia ou Metrô. A quantidade de pessoas envolvidas é enorme. Então, eu diria que quem quer trabalhar com engenharia, além de gostar de Matemática e Física, tem que gostar de pessoas, ser um curioso e estar preparado para o imprevisível”, explica Alexandre de Sant’Anna.

  Publicado em: 10/09/2018  por: Egidio Oliveira  
Comentário *  caracteres
Atenção: No final do comentário coloque seu nome e e-mail.


Digite o número acima