Escola Superior de Química promove “Expedição Rio Doce: lá na foz”
Foto: Comunicação Oswaldo Cruz
ESQ realiza a “Expedição Rio Doce: lá na foz”

A Escola Superior de Química (ESQ) em parceria com o Centro Acadêmico de Engenharia Ambiental (CAEA) e Centro Acadêmico de Engenharia Química (CAEQ) realizará, de 14 a 18 de novembro, a ”Expedição Rio Doce: lá na foz”. A atividade trará no roteiro a visita às cidades de Regência e Linhares, ambas no Espírito Santo, para conhecer a foz do Rio Doce, no Oceano Atlântico.

A atividade contará com a participação dos docentes Kleber Cavazza Campos, Hassan Mohamed Barakat, Lilian Suzuki, Luciana Serra Soeira e Eduardo Toshio Matsushita e não possui pré–requisitos para a participação. As inscrições podem ser realizadas por estudantes e ex–alunos de todos os cursos de graduação do Grupo Oswaldo Cruz e também pelo público em geral. “Durante a expedição, seremos parte do meio ambiente. Assim, não há pré–requisito algum para participar da expedição. Não há necessidade de ter participado das outras expedições. Não há necessidade de ser aluno de curso da área ambiental”, explica o professor Kleber Cavazza Campos

A “Expedição Rio Doce: lá na foz” encerra as atividades nas Faculdades Oswaldo Cruz sobre o maior desastre ambiental do Brasil, iniciadas em 2015 com o rompimento da barragem da empresa Samarco, em Mariana, Minas Gerais. “A expedição possui como objetivo possibilitar ao participante que tire suas conclusões sobre a extensão da tragédia; fazer com que perceba que não é o meio ambiente o único a sofrer as consequências da lama, pois há toda uma população que vive ao longo dos 853 km do Rio Doce que foi e continua sendo afetada. Em especial, a expedição deste ano pretende trabalhar o contexto cultural”, destaca Kleber Cavazza.

O Rio Doce representa uma importante bacia hidrográfica, totalmente incluída na Região Sudeste. Possui extensão total 853 km, com nascente no Rio Piranga e foz em Regência, banhando os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. O contexto cultural da expedição será proporcionado por atividades como visita ao projeto TAMAR, ida à Vila dos Pescadores, carebada, show de congo reggae, encenação teatral do caboclo Bernardo, banho de lagoa, passeio de barco, trilha, caminhada noturna, dentre outras.

Para obter mais informações sobre valores, formas de pagamento e para realizar a inscrição, contate o docente Kleber Cavazza pelo e–mail foc.kleber@gmail.com. As inscrições poderão ser efetivadas até 20 de outubro e para a atividade ocorrer há a necessidade de pelo menos 38 pagantes.

Expedição contabiliza atividade complementar

A participação na expedição contabiliza ao aluno participante 100 horas de atividade complementar. Os alunos da Escola Superior de Química das Faculdades Oswaldo Cruz que participarem da expedição terão computadas 100 horas de atividade complementar e podem ser acrescentadas mais 40 horas se realizarem atividades propostas posteriormente.

Já os estudantes de outras unidades do Grupo Oswaldo Cruz ou de outra instituição de ensino, deverão contatar o coordenador do curso para verificar a validação da atividade complementar com a participação na expedição.

Confira o roteiro detalhado da Expedição Rio Doce: lá na foz

Quarta–feira – 14 de novembro de 2018
–23h – Embarque Terminal Rodoviário Barra Funda (São Paulo)
– Deslocamento São Paulo–Linhares (incluso no valor/bus semi–leito)

Quinta–feira – 15 de novembro de 2018
–No deslocamento serão realizadas quatro paradas (a primeira será no GRAAL Itatiaia/RJ)
–Troca de ônibus em Linhares
–Deslocamento Linhares–Regência (incluso no valor/bus UNIMAR convencional)
– 15h – previsão check–in hotel
– 17h – lanche da tarde na pousada (incluso no valor)
– 19h30 – boas–vindas da equipe ECOTUR na praia + céu noturno (incluso no valor)
– 21h – jantar Carebão (incluso no valor)
– Noite livre

Sexta–feira – 16 de novembro de 2018
– 7h30 – saída para Vila Pescadores.
– 8h café da manhã e bate papo na casa do pescador Zé de Sabino* (incluso no valor).
– Deslocamento para sítio belas ondas (incluso no valor/bus local).
– 10h30 – sítio ecológico belas ondas (almoço + banho lagoa + trilha) (incluso no valor).
– Deslocamento retorno sítio belas ondas (incluso no valor/bus local).
– Tarde livre.
– 20h – jantar Carebão (incluso no valor).
– 21h30 – teatro Auto do Caboclo Bernardo (incluso no valor).
– Noite livre.

Sábado – 17 de novembro de 2018
– 7h – café manhã na pousada (incluso no valor)
– 8h – saída para atividade
– 9h – passeio barco foz do Rio Doce + trilha na Ilha do Cacau + bate papo com pescador no porto histórico (incluso no valor)
– 13h30 – almoço restaurante Carebão (incluso no valor)
– Tarde livre.
– 18h – luau da casuarina com tochas/música/frutas (incluso no valor) e carebada noturna (incluso no valor).
– 21h30 – jantar Zenaide (incluso no valor)
.22h – Congo Reggae Bar Dona Zenaide (incluso no valor)
– Noite livre.

Domingo – 18 de novembro de 2018
– 8h – café manhã na pousada (incluso no valor).
– Manhã livre.
– Almoço não incluso.
– 16h – check out pousada e deslocamento para Linhares.
– Deslocamento Regência–Linhares (incluso no valor/bus convencional)
– Troca de ônibus em Regência.
– Deslocamento Linhares–São Paulo (incluso no valor/ônibus semi–leito)
– Durante o deslocamento serão realizadas 4 paradas (a primeira parada será no posto JR em Mimoso do Sul (ES).

  Publicado em: 11/06/2018  por: Egidio Oliveira  
Comentário *  caracteres
Atenção: No final do comentário coloque seu nome e e-mail.


Digite o número acima