Presidente da ABIQUIM ministra palestra na Semana da Química
Foto: Egidio Oliveira
Presidente da ABIQUIM ministrou palestra na FOC

As Faculdades Oswaldo Cruz receberam na última segunda–feira, dia 08 de maio, a palestra ministrada pelo presidente–executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), Fernando Figueiredo. O evento possuiu a temática “A Contribuição da Indústria Química para o Desenvolvimento Sustentável”, ocorreu no Auditório Professor Hirondel Simões Luders, e fez parte da Semana da Química 2017, voltada para os alunos de Química Bacharelado, Química Licenciatura e Química Industrial.

A palestra começou com Fernando Figueiredo apresentando o setor Químico. O presidente da ABIQUIM apontou que o setor de produtos químicos figura entre os que mais possuem efeitos propulsores na economia e que o aumento da produção na indústria química estimula a produção de outros setores, havendo um efeito dinâmico em cadeia. “95% dos produtos têm Química. A Química está na vida das pessoas”, constatou Fernando Figueiredo.

Através de dados da ABIQUIM, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Pesquisa Industrial Anual (PIA), o palestrante apresentou a relevância da indústria química para o Brasil: trata–se da oitava maior indústria química do mundo e gera 2 milhões de empregos, além de representar 2,5% do PIB industrial e possuir um faturamento líquido em 2016 de US$ 113,5 bilhões.

“A Química paga muito bem. A indústria Química paga quase o dobro das indústrias de outros setores. A razão disso é a mão de obra qualificada. Para contratar um químico da Oswaldo Cruz, que é qualificado, temos que pagar bem”, enfatizou o presidente–executivo da ABIQUIM.

Os fatores essenciais e importantes para a Indústria Química Forte

A palestra contou com a análise otimista das perspectivas do setor, que pode ser explicado através do potencial de matérias–primas. O Brasil está caminhando para ser o quarto maior produtor de petróleo do mundo e ainda será autossuficiente na produção de gás natural.

O palestrante apontou que o país possui 975 fábricas da indústria química de uso industrial, com polos na Bahia, em São Paulo e no Rio Grande do Sul. “As possibilidades profissionais de vocês são imensas”, enfatizou. “Os possíveis empregadores são empresas muito sólidas”.

O presidente da ABIQUIM também abordou que os fatores essenciais para a indústria química forte são matéria prima competitiva e energia. Já os fatores importantes são infraestrutura e logística, investimento em pesquisa e desenvolvimento e qualificação da mão de obra.

A ABIQUIM

Fundada em 1964, Associação Brasileira da Indústria Química congrega indústrias químicas de grande, médio e pequeno portes, bem como prestadores de serviços ao setor. A entidade representa 136 associados e também o setor nas negociações de acordos internacionais relacionados a produtos químicos.

“A ABIQUIM tem por objetivo lutar pela competitividade e o desenvolvimento sustentável da indústria brasileira”, apontou o presidente–executivo. “Vocês devem ter muito orgulho de estudar Química. A Química foi a Ciência que mais contribuiu para o desenvolvimento sustentável nos últimos 100 anos. E a Química será a Ciência que mais vai contribuir para o desenvolvimento sustentável nos próximos 100 anos”.

No plano de trabalho da ABIQUIM, está na manutenção do Regime Especial da Indústria Química (REIQ), participação no projeto Gás para crescer, agenda estratégica de logística para o setor Químico, criação do grupo executivo para discussões dos temas da área da Química e posicionar a indústria Química como criadora de soluções para o desenvolvimento sustentável.

A história do presidente da ABIQUIM

Fernando Figueiredo é formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e assumiu a presidência–executiva da ABIQUIM em 2 de maio de 2011, sucedendo o economista Eduardo Bernini. Na associação, foi membro da Comissão de Economia e coordenou as comissões de Assuntos Jurídicos, de Assuntos Legislativos e a de Imagem e Comunicação.

Até dezembro de 2010, foi vice–presidente e membro do Comitê executivo da Basf na América do Sul, com responsabilidades pelas áreas de plásticos, poliuteranos, catalisadores e produtos químicos industriais, comunicação social, impostos e seguros.

  Publicado em: 09/05/2017  por: Egidio Oliveira  
Comentário *  caracteres
Atenção: No final do comentário coloque seu nome e e-mail.


Digite o número acima

      

Unidade Barra Funda

Rua Brigadeiro Galvão, nº 540 - Barra Funda
São Paulo - SP - CEP 01151-000
Próximo ao Metrô Marechal Deodoro
Tel.: (11) 3824-3660 - Fax.: (11) 3824-3660


Unidade Angélica

Avenida Angélica, nº 352 - Santa Cecília
São Paulo - SP - CEP 01228-000
Próximo ao Metrô Marechal Deodoro e
Santa Cecília - Tel.: (11) 3825-8344

Redes Sociais

Selos Institucionais

Selo IES Socialmente Responsável